OS 4 GRANDES DO RIO NO BRASILEIRÃO

Por Roberto Velludo


RIO- FLAMENGO- Com o "espirito santo" em dia, o time do Flamengo foi a cidade de Cariacica e trouxe um excelente resultado do jogo contra o time do Cruzeiro 2 x 1, uma importante vitória na luta pelo título do campeonato Brasileiro, o time carioca saiu atrás do placar contra a raposa mas o mais querido fez dois gols de virada e não deixou o time do Palmeiras disparar na liderança, continua em sua cola com 52 pontos, contra 53 do verdão paulista.

O Flamengo encara na próxima rodada o time do São paulo, no Morumbi as 16h.

O JOGO
Apesar de do primeiro tempo ter terminado sem nenhum gol, ambas as equipes tiveram bastante equilíbrio, o Fla precisando da vitória para não deixar o Palmeiras disparar, e o time cruzeirense para se manter longe da zona de degola, neste aspecto o time carioca foi mais incisivo e perigoso que o seu rival.

A primeira oportunidade foi aos 20 minutos com um chute de Rever que sem querer deu passe para Guerrero, que chutou e proporcionou grande defesa do goleiro do Cruzeiro, a resposta veio aos 28 minutos Arrascaeta arrancou e finalizou para bela defesa do goleiro Murallha. Cinco minutos depois um lance onde Robinho foi derrubado por Rafael vaz onde os cruzeirenses pediram pênalti, e Henrique e Diego tiveram chances desperdiçadas.

Na segunda etapa o Fla seguiu buscando o gol, sem criar grandes oportunidades, já o time do cruzeiro que tinha espaços para armar os contra ataques errava muitos passes o que acomodou o time do Flamengo.

Zé Ricardo então pôs em jogo Fernandinho e Mancuello, nas vagas de Marcio Araújo e Gabriel, porem futebol é jogado e lambari é pescado, foi o time mineiro que abriu o placar aos 30 minutos do segundo tempo, Rafinha arrancou pela esquerda não sendo combatido e chutou da entrada da área sem defesa para Muralha.

O time do Flamengo se lançou ao ataque e aos 38 minutos achou seu gol, Guerrero chutou a bola que desviou no zagueiro do Cruzeiro e encobriu o goleiro, 1 x 1, após o gol em contra-ataque rápido o time mineiro finalizou e Muralha salvou e no final do jogo aos 43 minutos, Mancuello fez e gol da virada 2 x 1.

RIO- FLUMINENSE- Com um gol no último minuto, de Cícero, o Fluminense bateu o Corinthians (SP) por 1 a 0, em São Paulo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi o reencontro entre as equipes após o polêmico jogo da última quarta-feira (21), pela Copa do Brasil, que decretou a eliminação dos tricolores. O tento convertido na tarde deste sábado saiu aos 49 do segundo tempo.

A vitória deixa o Fluminense a dois pontos do Santos, quarto colocado com 45 pontos, e último time do G4. Próximo do G4, o Tricolor das Laranjeiras volta a campo na manhã do próximo sábado, contra o Internacional. O jogo será disputado no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita.

O jogo começou tenso por conta do compromisso da última quarta-feira, com as atenções voltadas para o árbitro Anderson Daronco. Ainda na etapa inicial, os tricolores reclamaram pênalti de Marquinhos Gabriel sobre Marcos Junior, em lance de bola parada. No entanto, para desespero dos visitantes, nada foi marcado.

No lado do Fluminense, as melhores oportunidades foram de Marcos Junior e Marcos Junior, ambos paradas por Walter. Já no lado do Corinthians, Giovanni Augusto parou em Júlio César, na melhor chance da equipe mandante antes do intervalo. Os primeiros 45 minutos foram bem equilibrados.

Corinthians pressiona, mas Cícero salva o Flu no último instante

Na volta para o intervalo o ritmo do Fluminense diminuiu e aos poucos o Corinthians começou a crescer no jogo. Boas oportunidades foram criadas pelos paulistas, com Júlio César se destacando com boas defesas. Gum quase fez contra, acertando o travessão do arqueiro tricolor.

Apesar da pressão sofrida, o Fluminense teve forças para tentar a última investida, e obteve sucesso. Gustavo bateu falta da ponta esquerda, a zaga do Corinthians não afastou de forma definitiva e a bola sobrou nos pés de Cícero. O camisa 7 encheu o pé, aos 49 do segundo tempo, e sacramentou uma vitória importantíssima para o Tricolor das Laranjeiras, que sonha com a Libertadores.

RIO- VASCO DA GAMA- Para esquecer de vez a traumática eliminação para o Santos (SP) na última quarta-feira (21) na Copa do Brasil, o Vasco recebeu o Atlético (GO) às 16h30 deste sábado (24) em confronto direto, valendo a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B em sua 27ª rodada. Ambas as equipes têm 48 pontos e estão nas duas primeiras colocações, com o Gigante da Colina à frente por ter uma vitória a mais que o time Goiano.

Historicamente desde que o time de Goiás subiu para a série B, foram 13 confrontos entre os dois times. São seis vitórias do Vasco, quatro empates e três vitórias dos goianos. No primeiro turno, em 11 de junho, o Atlético (GO) venceu por 2 a 1, pondo fim a sequência de 34 jogos invicto que o Vasco ostentava, desde novembro de 2015.

Para esquecer de vez a traumática eliminação para o Santos (SP) na última quarta-feira (21) na Copa do Brasil, o Vasco encarou o time do Atlético Goianiense em São Januário. 

Na próxima rodada, o Vasco visita o Náutico na Arena Pernambuco, no sábado (01) às 16h30.

O Vasco começou o duelo disposto a não dar brechas ao Dragão e abriu o placar logo nos primeiros minutos de partida. O garoto Alan Cardoso, com ótima visão de jogo, fez lançamento para a área, Ederson chegou antes que o adversário e encobriu o goleiro Klever. Após o gol, o Vasco teve maior domínio da partida, enquanto o Atlético-GO tentava tocar a bola no campo de ataque, sem sucesso.

Conforme o tempo foi passando, os cariocas foram mantendo a superioridade sobre o rival na primeira etapa. O Atlético só ameaçava esporadicamente, na bola parada. O Cruzmaltino foi tocando bem a bola, com bastante movimentação. 

Atlético melhora, mas Ederson descomplica no fim da segunda etapa

O Atlético bem que se animou na volta do intervalo, principalmente nos minutos finais, perdendo oportunidades em sequência. No entanto, Vasco foi retomando o controle do jogo, na batuta de Andrezinho e Nenê e aos poucos foi incomodando novamente. Até que aos 32 minutos, Andrezinho cobrou falta na área e Ederson testou firme para ampliar a vantagem e definir de vez a vitória do time mandante.

No fim, a torcida vascaína ainda ensaiou um olé numa posse de bola vascaína, manifestação rara nos últimos compromissos do clube, que reforçou a volta da boa fase e a comunhão entre o torcedor e o time. 

Parabéns Vasco.

RIO- BOTAFOGO- Em jogo com queda de energia no estádio ainda na primeira etapa, o Botafogo não encontrou o caminho de volta para a luz. A equipe foi derrotada pelo lanterna América (MG) no Estádio Independência, na noite deste sábado (24), em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro pelo placar de 1 a 0. O gol do jogo foi marcado pelo lateral Jonas, aos 19 minutos da etapa final.

Com o resultado o Alvinegro fica estacionado na oitava colocação, com 38 pontos. Na próxima rodada, o Glorioso enfrenta o Corinthians (SP), no sábado (01), no Estádio Luso-Brasileiro, às 16h30.


A etapa inicial foi morna, no ritmo da garoa que caía no estádio. Um jogo muito truncado, alguns erros de passes e sem grandes chances de real perigo. Até que aos 29 minutos do primeiro tempo, aconteceu um apagão no Independência. O problema, como a administração do estádio explicou, não era só no local. Durou só 13 minutos, e os refletores voltaram a ser acesos. Depois disso, os times até melhoraram em campo. 

Nos quinze minutos finais, o ritmo até aumentou, e o América quase marcou com Leandro Guerreiro dentro da grande área. carli tirou em cima da linha. No lado do Botafogo, Emerson fez cruzamento venenoso da direita e obrigou Fernando Leal a entrar com o corpo no gol para fazer a defesa. 

Glorioso volta sem Camilo e setor ofensivo desaparece. Matheuszinho cresce e ajuda Coelho a vencer 

O Botafogo começou o segundo tempo sem Camilo, substituído por Leandrinho, que arriscou um chute de fora da área logo no início. Depois, foi a vez do América, que atacou com o insinuante Matheuszinho. 

O time mineiro crescia na partida, e aos 19 minutos Hernandes fez boa jogada pela esquerda e cruzou. A bola passou por toda a área e chegou em Jonas, que completou para o fundo das redes e abriu o placar para o time da casa. Pimpão entrou no fim e quase empatou com uma jogada pela esquerda, em lance salvo por Fernando Leal. No fim, o lanterna América mostrou a boa fase que vive, quase jogos sem perder e freio a ascensão botafoguense. 


CORNETADAS: Porque o volante Airton do botafogo toma tantos cartões? Com mais um cartão amarelo ele está suspenso e fora da próxima rodada, lamentável.

O ex atacante do Santos Gabigol estreou no time da Internazionale de Milão e fez boa partida, mas o resultado foi um empate.

O volante Orejuela contratado pelo Fluminense deu um grande susto neste fim de semana, jogando pelo Independiente del Valle, no Equador chocou-se contra um adversário e ficou desacordado, indo parar no hospital, segundo a imprensa local e a diretoria do clube o atleta foi submetido a uma tomografia e passa bem.


Para informações e sugestões: e-mail bobveludo@bol.com.br 

O FUTEBOL CARIOCA VOLTA A BRILHAR NA RETA FINAL DO BRASILEIRÃO

Por Roberto Velludo


RIO-BOTAFOGO- O Botafogo se recuperou da derrota no meio de semana e venceu o Vitória (BA), longe dos seus domínios, na noite deste domingo (18), no Barradão. O Glorioso venceu com um gol solitário de Rodrigo Pimpão, no final da etapa inicial. O goleiro Sidão foi um dos personagens do encontro, ao pegar um pênalti, ainda no primeiro tempo, de Diego Renan, que garantiu o resultado para o Glorioso.

No meio de semana a equipe enfrenta o Cruzeiro (MG), fora de casa, tendo a responsabilidade de vencer por quatro gols de diferença para avançar na competição de mata-mata. Na próxima semana o Botafogo volta a campo às 21h, no sábado, dia 24 de setembro. A equipe visita o América Mineiro, na Arena Independência. O jogo pelo Brasileirão.

Sidão salva na defesa e Rodrigo Pimpão mostra oportunismo

Os donos da casa, naturalmente, começaram com um ímpeto superior ao Botafogo, que demonstrava querer ter um uma postura ofensiva, mas faltando organização. O Vitória forçava os lances pelos lados do campo e tinha melhores chances. A defesa alvinegra tinha dificuldade de conter os avanços e o goleiro Sidão começou a ser o nome do jogo. Em três lances salvou o Glorioso cara a cara com o ataque Rubro-Negro.

Em uma das oportunidades, Zé Love ganhou de Vitor Luís e foi derrubado na área. Pênalti. Diego Renan foi para a cobrança e Sidão fez a defesa. O gol não fez o Vitória recuar, mas o Botafogo conseguiu sair na frente em um contragolpe. Lançamento perfeito de Camilo para Rodrigo Pimpão que com uma mistura de força e velocidade, ganhou dos dois zagueiro e com um golpe de sorte encobriu o arqueiro Fernandes e fez 1 a 0.

Vitória ataca de forma desorganizada e Bota não mata jogo nos contra-ataques

A organização do Vitória não foi a mesma no segundo tempo. A equipe pecou bastante nos passes e facilitou os cortes da defesa Alvinegra. Emerson Santos e Joel Carli cortavam com facilidade e ganhavam praticamente todas as jogadas. No único lance que acontece uma falha, o ataque baiano ajudou. Sidão salvou chute de Diego Renan, sem goleiro Kieza e Zé Love perderam.

O Bota tinha o contra golpe, mas não chutava a meta do goleiro Fernando. Diogo Barbosa e Vitor Luís construíam as melhores chances pelo setor esquerdo, mas o ataque não matava o jogo. O melhor lance foi com o próprio camisa 6, Diogo Barbosa, que perdeu frente a frente com o arqueiro do time rival, que salvou o lance. No fim, desespero dos baianos e segurança Alvinegra na defesa. Vitória do Bota fora de casa: 1 a 0.

RIO- FLUMINENSE- Com um gol solitário de Gustavo Scarpa, o Fluminense bateu o Grêmio (RS) por 1 a 0, na tarde deste domingo (18), pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado em Porto Alegre e o resultado levou a equipe das Laranjeiras aos 40 pontos, perto do G4. O único tento do jogo foi convertido ainda no primeiro tempo.

O próximo desafio do Fluminense também será fora de casa, mas por outra competição, a Copa do Brasil, contra o Corinthians (SP). Este compromisso será na próxima quarta-feira. O duelo do meio de semana será repetido no próximo domingo, mas pelo Campeonato Brasileiro, novamente contra a equipe do Parque São Jorge.

Início com poucas chances; oportunismo de Scarpa põe Flu em vantagem

Poucas chances foram criadas pelas equipes nos primeiros instantes do jogo. A maior parte do primeiro foi marcada pelos passes errados e finalizações equivocadas. O Grêmio era mais incisivo, mas abusava nos chutes de longa distância e facilitava a vida do goleiro Júlio César.

Quando parecia que o jogo iria ao intervalo, Gustavo Scarpa recebeu bom passe de Marcos Junior e saiu cara a cara com Marcelo Grohe. O agora camisa 10 do Fluminense bateu com o pé direito, por baixo do arqueiro adversário, e converteu. Foi a única finalização dos cariocas no primeiro tempo.

Fluminense mantém vantagem e garante a vitória

A volta para a etapa complementar teve um Fluminense diferente, com Marquinho no lugar de Henrique Dourado e mais criação no meio-de-campo. As ações do Tricolor Carioca foram mais frequentes, mas as finalizações não eram tão eficientes. Aos poucos, o Grêmio voltou a gostar do jogo.

Os lances de bola parada foram os mais explorados pelos gremistas na reta final, com Edilson e Douglas, que quase surpreendeu Júlio César. A falta de longa distância foi um tiro direto e deixou o arqueiro do Flu sem ter o que fazer. Por fim, os visitantes conseguiram segurar a vantagem até o apito final.

RIO- FLAMENGO- Com atuação segura e tendo o domínio completo da partida o Flamengo bateu o Figueirense (SC) pelo placar de 2 a 0, jogando no Pacaembu na manhã deste domingo (18). Com o resultado, o Rubro-Negro manteve a distância para o líder Palmeiras de um ponto. Willian Arão de cabeça, após belo cruzamento de Rafael Vaz, e Diego de pênalti, marcaram os gols da vitória rubro-negra no quarto confronto das equipes na temporada. Leandro Damião com atuação abaixo da equipe, desperdiçou um pênalti ainda no primeiro tempo.

Na próxima rodada o Mais Querido recebe o Cruzeiro (MG) no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica no Espírito Santo, no domingo (25) às 16 horas. Antes, na próxima quarta-feira (21) o Mengão pensa na Sul- Americana, no duelo diante do Palestino (CHI) no Estádio Monumental David Arellano, no Chile às 21h45. 
Leandro Damião perde pênalti, mas, superior, Fla consegue gol ainda no primeiro tempo

Num dia infeliz do atacante Leandro Damião, o Flamengo precisou do elemento surpresa no primeiro tempo para conseguir balançar as redes. Após ver Leandro Damião desperdiçar uma penalidade, Rafael Vaz fez cruzamento perfeito achando Willian Arão bem posicionado entre os defensores do Figueirense. Com um toque de categoria, o volante, de cabeça, abriu o marcador para o Fla. Com 12 finalizações e 75% de posse de bola, o Flamengo amassou o Figueirense na primeira etapa, mas esbarrou na boa atuação do goleiro Gatito Fernandez.

Chances desperdiçadas, segundo pênalti na partida e vitória consolidada

Sem sofrer em nenhum momento da partida, o Fla controlou, criou e seguiu dominando o Figueirense na segunda etapa. Numa atuação com muita movimentação e eficiência na troca de passes, o Flamengo envolveu o Figueirense, mas não conseguia traduzir as boas oportunidades criadas em gols.

Substituto de Leandro Damião, Felipe Vizeu em boa trama com o lateral esquerdo Jorge, foi tocada dentro da área pelo zagueiro Bruno Alves. Segundo pênalti da partida. Dessa vez Diego chamou a responsabilidade e num chute rasteiro no canto direito, fez o segundo do Flamengo e deu tranquilidade ao Fla na partida. 

A vitória mantém a distância do Flamengo para o líder Palmeiras em um ponto. Próxima partida da equipe pelo Brasileiro será no próximo domingo (25), contra o Cruzeiro, em Cariacica, Espirito Santo. Antes o Flamengo tem o duelo contra o Palestino, quarta-feira (21), 21h45, pela Copa Sul-americana, em Santiago, no Chile.

RIO- VASCO DA GAMA- No seu pior momento na temporada, o Vasco enfrentou o vice lanterna Joinville (SC), na noite desta sexta (16), em São Januário. O duelo foi válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. No entanto, o Almirante espantou a má fase com uma vitória por 2 a 0, com gols de Junior Dutra e Yago Pikachu na segunda etapa. Com o resultado a equipe carioca manteve a liderança e abriu três pontos de vantagem para o Atlético Goianiense (GO).

Na próxima rodada, o Vasco disputa uma partida chave pela liderança da competição. O Cruzmaltino tem pela frente o próprio Dragão, no próximo sábado (24), em São Januário, às 16h30.

Vasco pressiona Joinville inofensivo, mas falta capricho na finalização

O Vasco iniciou o jogo com a proposta de atacar o adversário, com muita movimentação na frente. O Joinville trocava poucos passes, mas sempre vertical, com um time armado para contra-atacar.

Aos 35 minutos, o Vasco teve um gol mal anulado. Andrezinho lançou Júlio Cesar que bateu pro gol e balançou as redes. Mas foi marcado o impedimento do lateral esquerdo de forma equivocada, já que Fabiano Eller dava condições. O Joinville, na zona de rebaixamento, tentava apenas não levar gols em São Januário, valorizando o empate.

Júnior Dutra desencanta e Yago Pikachu fecha placar com golaço na volta do intervalo

A precisão na finalização que faltou na primeira etapa, apareceu na volta do intervalo. Logo aos dois minutos, Andrezinho cobrou escanteio na cabeça de Júnior Dutra, que testou para as redes e abriu o marcador. O detalhe é que este foi o primeiro gol do jogador com a camisa vascaína.

Alguns minutos mais tarde, foi a vez de Yago Pikachu aproveitar erro de Danrlei, roubar a bola e da entrada da área acertar o ângulo de Jhonatan, para ampliar a vantagem cruzmaltina. No fim, o Vasco se limitou a diminuir o ritmo de jogo e manter a posse de bola para segurar o placar e voltar ao trilhos na Série B. 

Vasco: Martin Silva, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo, Júlio Cesar (Alan Cardoso, 28'/ 2ºT); Marcelo Mattos, Douglas, Andrezinho, Nenê; Júnior Dutra (Madson, 15'/2ºT), Ederson (Thalles, 38'/2ºT). Técnico: Jorginho

CORNETADAS: O momento do time gremista é um dos piores dentro do campeonato Brasileiro, após demitir o seu treinador Roger carvalho, foi de interino ontem e obteve nova derrota dentro de casa, sinal claro que o problema não é de treinador e sim de um conjunto de medidas do clube, que passa pelo próprio elenco, e já contratou o seu novo comandante Renato gaúcho.

A boa fase dos clubes cariocas nesta reta final do Brasileirão parabéns moçada.


Um grande abraço para meus amigos do hospital Silvestre, que trabalham com empenho na segurança do trabalho, Carlos técnico de segurança do trabalho, Engenheiro Isaias Camargo, técnica de segurança do trabalho Teresa Cristina de Oliveira, Carlos Henrique Borges Ferreira, Patrícia Gonçalves de Jesus, Wallace da Silva Santana,  e a todos os outros amigos. 


Nova Iguaçu recebe o maior festival de teatro da Baixada Fluminense de 21 a 30 de setembro

EncontrArte comemora 15 anos de existência homenageando 30 pessoas e instituições que ajudaram a construir sua história.

Musical Luiz e Nazinha abre a 15ª edição do EncontrArte dia 22 de setembro no Sesc Nova Iguaçu 19h – Foto: Julio Ricardo

Um festival democrático, com grande variedade de gêneros, patrocinado pela Petrobras há 10 anos e totalmente gratuito à população. É com esta combinação de fatores que o EncontrArte conquistou o público e os artistas e se firmou como principal festival da Baixada Fluminense e um dos mais importantes do Estado do Rio de Janeiro. De 21 a 30 de setembro o município de Nova Iguaçu será palco para as comemorações de 15 anos do festival. Persistência e profissionalismo são as palavras que melhor representam a iniciativa que este grupo de artistas teve em 2001.

Ao longo desse período, foram realizados 248 espetáculos, 31 oficinas de qualificação, 10 seminários e 51 homenagens a artistas. Tudo isso sempre gratuito à população, com workshops para a classe e ao notável público que atingiu a marca de 200 mil pessoas.

O festival terá início no dia 21 com uma festa organizada no Complexo Cultural Nova Iguaçu onde serão homenageadas 30 pessoas e instituições que colaboraram com realização do EncontrArte desde o seu início. O Sesc Nova Iguaçu foi o palco escolhido para abrigar as 12 produções, entre adultos e infantis, que participarão do evento (veja programação em anexo).

Os espetáculos começam no dia 22, com a apresentação do musical “Luiz e Nazinha”, uma homenagem a Luiz Gonzaga que pode ser assistida por toda a família.

“Há uma troca entre os grupos durante a maratona e, além disso, as companhias de fora têm a oportunidade de conhecer uma Baixada Fluminense que eles nunca verão nos noticiários nacionais, podendo levar a hospitalidade e amor de nosso povo, junto com um pouco de nossa beleza e riqueza cultural”, afirmam os realizadores Claudinah Oliveira, Fabio Mateus e Tiago Costa.

Em comemoração aos 15 anos, o Shopping Nova Iguaçu inaugura no dia 26 de setembro, às 18h, a Mostra E AI (EncontrArte Artes Integradas) onde o público terá acesso a um grande acervo fotográfico que conta a história do festival.  

O EncontrArte conta com o patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

 Toda a programação, detalhes e informações através do site: www.encontrarte.com.br

SERVIÇO
EncontrArte
De 21 a 30 de setembro de 2016
Local: Sesc Nova Iguaçu
Endereço: Rua Dom Adriano Hipólito, 10 - Moquetá
Programação no site www.encontrarte.com.br

ENTRADA GRATUITA

DESASTRES NATURAIS - VULCÕES

Por Atila Henrique


Vulcão Etna /Itália

Um dos principais eventos cataclísmicos* ocorrentes no planeta Terra é sem dúvida as erupções vulcânicas, que são considerados uma grande catástrofe natural e dependendo de onde ocorram causam transtornos e prejuízos financeiros incalculáveis. O vulcão é uma abertura na crosta terrestre, de formato montanhoso (cônico), por onde saem magma, cinzas, gases e poeira. É uma estrutura geológica formada geralmente, a partir do encontro entre placas tectônicas. 

Vulcão Vesuvio /Itália

As erupções vulcânicas são fenômenos naturais que como os terremotos não são passíveis de previsões precisas, e por esse motivo muitas vezes proporcionam danos sem precedentes. Existem cerca de 1.500 vulcões ativos no mundo e a cada ano, por volta de 70 entram em erupção sem contar os vulcões que estão localizados no fundo dos oceanos.  Os cinco países com mais vulcões ativos no mundo segundo estudos são Chile, Indonésia, Estados Unidos, Japão e Rússia. Os principais vulcões do mundo são: Etna (Sicilia), Monte Fuji (Japão), Kilauea (Havai), Krakatoa (Indonésia), Monte Pinatubo (Filipinas), Vesúvio (Itália) e El Chichon (México).
Chile
Vulcão Calbuco que entrou em erupção no Chile pela primeira vez em mais de 42 anos em abril de 2015 lançando uma grande coluna de fumaça em uma área pouco povoada e montanhosa no sul do país.

Calcula-se que o Chile tenha 95 vulcões em atividade. Atualmente, os mais ativos estão em Villarica, no sul, cuja erupção mais recente ocorreu em março de 2015.
Vulcão Villarrica no CHILE em erupção em Março de 2015

Após ficar quatro décadas adormecido, o vulcão Calbuco, no sul do Chile, entrou em erupção de forma inesperada e a coluna de cinzas expelidas obrigou as autoridades a declarar alerta vermelho e retirar mais de quatro mil pessoas da região, porém, apesar da erupção ter sido descrita como inesperada, ela não é totalmente surpreendente, se levarmos em conta que o Chile é um dos países com mais vulcões ativos.
Indonésia
Vulcão Krakatoa/Indonésia
A Indonésia abriga mais de 400 vulcões destes 129 continuam ativos e 65 estão classificados como perigosos que nesta última classificação inclui-se o Vulcão do Monte Sinabung  localizado no norte da Ilha de Sumatra. Sinabung registrou uma erupção no início de abril de 2015 e sua mais recente erupção ocorreu em agosto de 2016. O monte Merapi, a 400 quilômetros da capital Jacarta, um dos mais ativos, é monitorado de perto. Na Indonésia também ocorreu uma das maiores erupções vulcânicas já registradas na história, a erupção do vulcão Tambora, ocorrida em 1815 que matou mais de 100 mil pessoas, suas cinzas foram lançadas entre 30 e 40 quilômetros de altitude e chegaram a afetar plantações na Europa.
Estados Unidos
Monte Santa Helena / EUA
Cerca de 130 vulcões ativos seriam monitorados constantemente por autoridades americanas. No Havaí, nos Estados Unidos, fica o vulcão Kilauea, o mais ativo do arquipélago e um dos mais ativos do mundo – que está "vibrando" desde 1993. Os Estados Unidos também abrigam o Monte Santa Helena, no Estado de Washington, famoso por sua devastadora erupção em 1980 que deixou 57 mortos.
Japão
Vulcão Sakurajima/Japão
O Japão é lugar de um grande número de vulcões ativos, segundo estudos o país tem 66 vulcões ativos e uma atenção especial é voltada para o Monte Fugi, que pode entrar em erupção em um tempo relativamente curto, segundo especialistas.
Rússia
Na Rússia, a maioria dos vulcões ativos estão concentrados na península de Kamtchatka, na Sibéria, na região mais oriental do país. Um dos maiores e mais ativos é o Shiveluch, conhecido pela violência de suas erupções, outro é o Plosky Tolbachik, que depois de ficar adormecido desde 1976, entrou repentinamente em atividade em 2012.


                                                  Vulcão Shiveluch / Rússia
*Os especialistas dizem que apesar de não estarem na lista dos cinco países com mais vulcões no mundo, Filipinas e México também tem grande quantidade de vulcões ativos.

Ø  Um vulcão é considerado ativo quando apresenta atividades sísmicas e teve erupções datadas nos últimos 10 mil anos.
Ø  O potencialmente ativo é aquele que entrou em erupção dentro de um período de 25 mil anos, tem atividades sísmicas, resquícios de magma e é geologicamente jovem.
Ø  O inativo não mostra qualquer sinal de atividade e já sofreu transformações por erosão.

 

Vulcão no Brasil
O Brasil tem é o país com o vulcão mais antigo do mundo formado pelo sistema de caldeiras vulcânicas. A descoberta foi feita por geólogos da Universidade de São Paulo (USP) que pesquisavam mineralizações, ou concentrações anômalas de ouro no Amazonas, entre os Rios Tapajós e Jamanxin. Sabia-se da existência do produto do vulcanismo na área, mas ninguém havia encontrado uma estrutura vulcânica preservada. Fazendo estudos na área desde 1998, os pesquisadores já encontraram dois vulcões, nas bordas de grandes estruturas que estão sendo interpretadas como caldeirões vulcânicos. Acredita-se que haja vários ali. O interesse da descoberta está no fato de que suas estruturas normalmente não permanecem intactas por tanto tempo. A maioria dos sistemas conhecidos têm até 60 milhões de anos. O mais antigo datava de 500 milhões de anos e os encontrados na Amazônia têm cerca de 1,9 bilhão de anos.

* Eventos Cataclísmicos estão relacionados a catástrofes ambientais, a alterações sociais, a tragédias pessoais, a grandes modificações na crosta terrestre é um evento quase impossível de conter, e seus sinônimos são catastrófico e desastroso.

21ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Por Roberto Velludo
RIO- FLAMENGO- Diego finalmente estreou no Flamengo, e não decepcionou. A aguardada estreia com a camisa rubro-negra pelo clube teve gol, boa movimentação, mais tempo em campo do que se esperava do jogador, mas também teve Leandro Damião em manha muito inspirada em Brasília.
Os dois jogadores foram primordiais para a vitória sobre a equipe gaúcha (Grêmio), por 2 x 1, não só pelos gols marcados. O centro avante que substitui Guerrero suspenso, foi muito bem em seu primeiro jogo pelo clube como titular, mostrando que é uma sombra para o peruano, ao marcar o gol de pênalti encerrou um jejum de meses, desde novembro do ano passado, quando atuava pelo cruzeiro (BH), o resultado coloca o Flamengo no G4, na terceira posição, com 37 pontos. Na próxima rodada, vai a Chapecó enfrentar a Chapecoense. Antes, porém, enfrenta o Figueirense, nesta quarta-feira, às 21h45, pela Copa Sul-Americana, também em Santa Catarina.

RIO- FLUMINENSE- Demorou mas o time do Fluminense conseguiu vencer duas partidas seguidas, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo em tarde pouco inspirada, o time das Laranjeiras venceu o Santa Cruz no Arruda, por 1 x 0, com gol de Henrique Dourado.

O time do Santa Cruz atacou mais que o time do Fluminense durante toda a partida. Aos nove minutos do primeiro tempo, Gum recuou a bola na fogueira para o goleiro Diego Cavalieri e quase saiu o gol da equipe Pernambucana.
Mas aos 29 minutos o tricolor carioca chegou ao gol adversário Gustavo Scarpa cobrou escanteio, Tiago Cardoso saiu mal do gol, e a bola sobrou para Henrique Dourado empurrar para o gol.

Mas aos 42 do primeiro tempo o time do Santa Cruz cruzou a bola na área, Willian Correa cabeceou para o meio da área, e o zagueiro Gum salvou afastando a bola.

O jogo seguiu da mesma forma no segundo tempo, com o time pernambucano permanecendo com mais posse de bola, mas sem traduzir em gol ou incomodar o sistema defensivo do Fluminense, final 1 x 0.

RIO- BOTAFOGO-   O Botafogo enfrentou o Sport neste sábado em Juiz de Fora, e emplacou uma boa vitória por 3 a 0, ajudando o time a subir na tabela. O herói do dia foi Sassá. O xodó marcou duas vezes. Outros jogadores, como Sidão, Renan Fonseca, Diogo Barbosa, Fernandes, Camilo e Neilton também se destacaram. Vote no destaque da partida!

Goleador, o atacante sempre que entra em boa fase, acaba se machucando e perdendo tempo. Mas neste sábado, o camisa 9 voltou a mostrar porque é querido pela torcida ao ser decisivo marcando dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Sport, em Juiz de Fora. Camilo completou o placar.

Substituindo o chileno Canales, Sassá voltou a ter oportunidade no time titular do Botafogo e não decepcionou. Com os dois gols marcados neste sábado, o atacante chegou a nove tentos no Campeonato Brasileiro e briga pela artilharia da competição, tendo um a menos que Gabriel Jesus. 

Outro destaque na fuga do Botafogo da parte debaixo da tabela, Camilo voltou a ser decisivo neste sábado, mais uma vez comandando o meio-campo e marcando o seu quarto gol no Brasileirão.

Com a segunda vitória seguida, o Botafogo se mantém em 13º lugar com 26 pontos e abre diferença para a parte debaixo da tabela. Agora, o Alvinegro volta a campo somente na segunda-feira (29) e visita o Atlético-PR, na Arena da Baixada, às 20h.  Já o Sport quebra uma sequência de seis jogos sem derrota e cai para 12º com os mesmos 26 pontos que o Glorioso. No próximo domingo (28), o Leão recebe o Internacional, às 18h30, na Ilha do Retiro.

O JOGO
Apesar do placar elástico, o jogo não foi fácil para o Botafogo. O começo foi bastante complicado e os donos da casa contaram com uma falha do goleiro Magrão para abrir o marcador. Aos 47 minutos, o atacante Sassá Roubou uma bola no ataque, invadiu a área e chutou em cima do arqueiro adversário, que não conseguiu defender.

O gol deu mais tranquilidade ao time na segunda etapa. Sem pressão, o time carioca voltou a marcar aos sete minutos. O zagueiro Emerson Santos cobrou falta e Magrão rebateu. Na sobra, Sassá só completou. O gol acabou com qualquer tentativa de reação dos pernambucanos. Este foi seu nono gol, que o deixa como vice artilheiro do Brasileiro ao lado de Diego Souza, do Sport, e atrás somente de Gabriel Jesus, do Palmeiras, com 10 gols.

A vitória foi sacramentada aos 46 minutos. O meia Camilo pegou rebote, após chute de Rodrigo Pimpão, na entrada da área e mandou no canto direito.

RIO- VASCO DA GAMA- Os 20 dias de preparação do Vasco para enfrentar o Sampaio Corrêa não surtiram efeito em campo, já que o Cruzmaltino teve uma queda de rendimento no segundo tempo e ficou no 1 a 1 com o lanterna da Série B. Um dos mais experientes do elenco, Diguinho lamentou a chance desperdiçada de abrir mais vantagem na liderança.

"Enfrentamos uma equipe que jogou muito atrás. Tivemos o domínio, mas infelizmente acabamos cedendo o empate. Não é por causa disso que vamos entrar em crise, nos desesperar. Agora é trabalhar para voltar a vencer", afirmou o volante.

Diguinho lamentou o resultado contra o lanterna, mas pediu calma ao Vasco Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação. 

Sobre as vaias da torcida do Espírito Santo na saída de campo após o jogo, Diguinho deu razão ao protestos dos torcedores e pediu desculpa pelo empate: "O torcedor é muito importante, sem ele não estaríamos em uma situação tão boa. A gente tem que pedir desculpas pela atuação e pelo tropeço."

O empate mantém o Vasco na liderança da Série B com 40 pontos. No próximo sábado, a equipe volta a campo para enfrentar o Tupi, em Juiz de Fora, às 16h30. Já o Sampaio Corrêa segue na lanterna da tabela com 14 pontos e na terça-feira recebe o Avaí, às 19h15, no estádio Castelão. 

RIO 2016/ FIM DAS OLIMPIADAS:
As olimpíadas realizada no Rio de janeiro chegaram ao seu final, o Brasil figura no quadro de medalhas na posição que sempre se manteve, vai minha crítica não para os atletas que são dignos de todos os elogios, mas para um pais que não investe em infraestrutura para o desenvolvimento do esporte em geral. E temos que agradecer por uma colocação ridícula no quadro geral de medalhas.

BRASIL – quadro total de medalhas:

  • O/7 medalhas de ouro
  • P/6 medalhas de prata
  • B/6 medalhas de bronze
  • Tot 19 medalhas olimpicas

Para informações e sugestoes: E- MAIL- bobveludo@bol.com.br

FALTAM POUCAS RODADAS PARA O TERMINO DO 1º TURNO DO BRASILEIRÃO

Por Roberto Velludo

RIO- FLUMINENSE- Apresentando muitos erros de passe e de marcação, o time tricolor foi a Curitiba e foi derrotado pelo Atlético (PR), na Arena da baixada, a sequência de três jogos sem derrota foi quebrada, após a derrota por 1 x 0, para o furacão da baixada, com a derrota o time das laranjeiras caiu duas posições na tabela e agora está na 12ª posição, com 21 pontos os mesmos antes do jogo, alguns jogadores do tricolor carioca afirmaram estranhar a grama sintética do estádio.

“Eles tiveram mais volume, as melhores oportunidades. Não fomos mal, mas tivemos muitas dificuldades no passe – disse o zagueiro Gum: - tivemos que nos adaptar à grama sintética, a bola corre mais que o normal.

Em campo o time do Fluminense não se impôs em nenhum momento do jogo, muito pelo contrário foi sufocado em seu campo quase o tempo inteiro, diante de um adversário bem armado e impondo uma forte marcação, e agressivo na transição de saídas de bola da defesa para o ataque. Sem resistência de marcação, encontrou facilidades para entrar na área do Fluminense.

Só não foi pior, porque o time tem em seu grupo um excelente goleiro, o atacante Marco júnior também fez críticas a grama sintética, - faltou jogar futebol no primeiro tempo mais movimentação, o campo não ajudou mais não podemos pôr a culpa só no gramado, concluiu.

O time volta a campo no próximo Domingo, às 11h, contra a Ponte preta em Edson passos.

RIO- FLAMENGO- O time da Gávea vai jogar hoje em Cariacica (ES), as 20h, contra o América(MG), com 8 pontos em 45 disputados o time Mineiro é o saco de bater do campeonato Brasileiro, e dentro do elenco e também da diretoria não se aceita nenhum resultado que não seja a vitória, o time junto com a comissão técnica já projetam a briga pelo título, já confirmado, apresentado o meia Diego chega para dar ao Rubro- negro a qualidade no meio de campo tão questionada a muito tempo.

Com o retorno de Alan Patrick, o técnico Zé Ricardo descartou a possibilidade de Mancuello atuar ao lado de Alan Patrick, e terá também a ausência de Everton suspenso, o que pode alterar o esquema, do 4-3-3, para o 4-4-2, com a dupla Guerrero e Fernadinho na frente, o fato de não ter Mancuello e Alan Patrick atuando juntos, é pela perda da velocidade de recomposição tanto no ataque como defensivamente.

Embora tenha feito ao longo da semana várias observações, ele afirma que serve para que possa ter firmeza nas substituições durante os jogos.

Flamengo: Alex muralha, Rodnei, Juan, Rever e Jorge; Marcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick; Fernandinho e Guerrero. Técnico Zé Ricardo.
Árbitro Rodrigo Raposo (DF)
OBS: A discrepância do que o colunista diz, e a escalação do time e porque a escalação é fornecida pelo clube.

RIO- BOTAFOGO- O time botafoguense voltou a apresentar um futebol de segunda, e foi derrotado por 2 x 1, pela Chapecoense na Arena Condá em Chapeco (SC), apesar de ter tido boas oportunidades de gol o time falhou nas conclusões e bobeou na defesa, o que coloca o glorioso na 17ª posição ou seja no Z4.

Se o ataque com Canales e Salgueiro não foi bem, a defesa foi pior ainda, e deu brecha para Hyoran e Lucas Gomes marcarem, e Camilo descontando para o Botafogo, o mesmo Camilo disse.,

“Fizemos um grande jogo, mas não podemos ficar pecando. Faltou a escolha certa da jogada na hora das finalizações.”

Neilton começou o jogo no banco por problemas físicos, com isso o time se ressentiu das boas jogadas pelos flancos do campo, onde abre opções para a entrada dos atacantes e infiltração dos meias.

Já o time catarinense soube explorar as falhas Alvinegras, Cleber Santana mesmo caído conseguiu tocar para Hyoran, que fez boa jogada e tocou no canto do goleiro Sidão que falhou ao fazer golpe de vista: 1 x 0.

O gol de empate veio através dos pés de Camilo em cobrança de falta, após o gol foram substituídos Canales e Salgueiro, por Luiz Henrique e Fernandes, mas logo depois novamente uma falha defensiva recolocou a Chapecoense na frente, em um contra-ataque bem articulado a bola foi recuada mal e Lucas Gomes arrancou e fez na saída do goleiro Sidão, 2 x 1 Chapecoense.

Foi o balde de gelo seco para o time do Botafogo, que arriou a mochila e jogou a toalha.

Resultado que expõe a fragilidade do elenco Botafoguense que já começa a ficar esperto, o time agora terá seu próximo compromisso na segunda-feira que vem encarando o líder do campeonato Palmeiras, é torcida alvinegra será osso.

RIO- VASCO DA GAMA- O time da colina deu um enorme susto na torcida no último sábado jogando em casa em São Januário, estava perdendo para o time do Bragantino por 1 x 0, mas o recém contratado Éderson que estava no banco de reservas, foi para o jogo no segundo tempo, e resolveu a parada, entrou no lugar de Evander e logo em seguida fez o gol de empate.

  • SEGUNDO TEMPO
Em vantagem numérica e com o estreante Éderson, que entrou na vaga de Evander, o Vasco foi para cima do Bragantino e acabou recompensado aos 12. Após bela tabelinha com Thales, o recém-contratado Éderson chutou com o estilo sem chances para Felipe. O gol animou ainda mais o Gigante da Colina que encurralou o Bragantino e chegou à virada aos 27 com Rodrigo, de cabeça. Com o placar favorável, o Vasco cozinhou a partida até o apito final.

O “Éderson pode jogar como primeiro e segundo atacante. Jogador que tem uma finalização muito boa de direita e de esquerda, e um giro muito rápido. Ganhamos com essas possibilidades.

Quando recebemos jogadores de qualidade, o nível técnico da equipe sobe.
Com essa vitória o time permanece na liderança da série B, com 35 pontos, dois a mais que o time do Ceará. O time Vascaíno volta a campo no próximo sábado às 21h, contra o Criciúma em São Januário.
 
CORNETADAS: Bola fora para a organização dos jogos olímpicos Rio 2016, a delegação Australiana se disse chocada com as condições dos apartamentos da vila olímpica, onde vão ficar hospedados segundo a chefe da delegação havia fios expostos agua vazando e sujeira, o que inviabilizou a permanência da delegação, que foi para um hotel até os problemas serem solucionados.

Jogando em São Paulo o Galo de Minas venceu o líder Palmeiras na Arena Palmeirense por 1 x 0.

O time do Cruzeiro de BH, está em uma fase muito ruim, voltou a perder dentro do Mineirão para o Sport Recife por 2 x 1, e se complica na competição, hoje terá uma reunião e provavelmente o treinador português Paulo Bento seja demitido.


Para sugestões e informações: E-MAIL- bobveludo@bol.com.br